Bem vindo(a) ao Portugal Paranormal! Para aceder a todo o conteúdo do fórum registe-se ou, caso já seja membro, faça o login. Obrigado!
[x]

  Páginas:   Ir para o fundo
  Tópico: Vultos (bolas de luz), Sombras, Passos de algo invisivel (Minhas Experiências) (86 visualizações) Setembro 30, 2017, 05:58:06
Novato


Mensagens: 1
Apreciações: 2
Referidos: 0

Masculino
» em: Setembro 30, 2017, 05:58:06

Sou Brasileiro, encontrei esse fórum no google e achei incrível, vocês estão de parabéns, logo me registrei.

Sempre quis compartilhar minhas experiencias com alguém que intende ou que já passou algo parecido, porque até hoje eu não tenho respostas, ou não encontrei alguém que entenda do que eu possa ter experienciado de fato , eu fico em duvida se foi espíritos ou alienígenas, não sou religioso, mas acredito bem na física quântica , mas fico confuso em relação a espíritos por mais que experienciei atividades paranormais sinistras e gosto muito da visão do espiritismo.

Na minha infância (na faixa dos 7 ou 8 anos até meus 13 ou 14 anos) eu passei vários episódios paranormais, onde o mais comum era ver VULTOS (bolas de luz) e algumas vezes já passei outras experiencias mais profundas e apavorantes com sombras e passos e 98% foi na casa do meu pai.

VULTOS: Eu frequentemente me deparava com bolas de luz pela casa, que eram vultos , passava rápido , aparecia mais no escuro, as vezes 1,2 ou até 3 de uma vez no mesmo ambiente em que eu estava no momento. Elas apareciam fazendo uma rota e logo desaparecia , e isso me apavorava, me arrepiava. De noite quando eu ia dormir , quando eu via um vulto ou quando eu já estava com medo , eu logo pulava pra cama do meu irmão para dormir com ele, nossas camas eram no mesmo quarto.

SOMBRA: Um outro dia, eu estava no quintal colocando ração para meu cachorro, ai eu enchi a vasilha de ração quase transbordando, e quando acabei de encher eu olhei pro lado e vi uma sombra que parecia ser de alguém caminhando de capuz , passou rápido como um vulto, sumindo na outra sombra da parece, olhei para os lados e nada havia, ai eu arrepiei achei muito cabuloso, me deu um pouco de medo, mas meio que desacreditei de minha visão e julguei ser uma ilusão de ótica ou viajem, ai fui voltando pra entrar na casa , mas quando eu estava chegando na cozinha estando ainda no quintal eu escutei um barulho de algo caindo e espalhando no chão, no mesmo momento eu olhei pra trás e vi toda ração que eu tinha acabado de colocar na vasilha espalhada no chão , ai eu fiquei cogitando o que poderia ser aquilo , e cheguei a pensar que poderia ser um rato, eu fui la investigar , e o que me intrigou foi que a vasilha estava 100% vazia , não tinha 1 grão de ração dentro do pote, eu achei muito estranho , pensei que mesmo se fosse um rato , não seria dessa forma eu tinha colocado a vasilha cheia de ração quase transbordando , não fazia um minimo de sentido , ainda mais somando com a sombra que eu tinha avistado a poucos minutos , eu juntei isso tudo me deu um calafrio eu sai correndo de medo e DETALHE quando eu entrei na cozinha minha cachorra saiu da cozinha pra ir em direção ao quintal , então sem possibilidade de ter sido ela, eu fui contar pros meus pais e como sempre ninguém botava fé nessas coisas que eu contava. Nessa mesma noite, eu dormindo , acordei no meio da madrugada (não sei porque) e me deu uma coceira no braço, ai eu fui esticar meu braço pra coçar, com meu braço fora da cama eu acabei encostando em algo que estava do meu lado , e eu passei a mão e senti no tato que era um pano grosso e aveludado , e nisso me deu um enorme calafrio , arrepio , medo, tudo que você possa imaginar de pavor , eu levantei na hora e pulei pra cama do meu irmão de medo. Meu irmão acordou, viu como eu estava apavorado , eu contei pra ele o que tinha havido , e que não lembrava de ter algo do lado da minha cama que poderia ser o que eu tinha encostado, ai ele levantou , acendeu a luz , e realmente não havia NADA no local ou algo parecido , poderia ser uma coberta estendida na cadeira , mas não havia nada , e eu nunca esqueço desse dia que passei esses fenômenos e que até hoje não tenho explicação para  a sombra , vasilha de ração e o pano grosso e aveludado que toquei, tudo na mesma noite.

PASSOS: Uma noite eu já estava na cama do meu irmão dormindo com ele , e acordei no meio da madrugada , escutando passos no corredor, e para que vocês possam intender melhor a situação , a cama do meu irmão era alinhada com o corredor , depois a sala de televisão , depois a janela da sala que dava de frente para o poste de iluminação da rua, então, A Luz do poste , iluminava a sala, corredor , e um pouco do meu quarto , dava para ver do pé da minha cama até a sala nitidamente . CONTINUANDO , então , acordei escutando passos de pegadas no taco de madeira que vinha lentamente caminhando do corredor em direção a meu quarto , e nisso eu fiquei quase em choque de medo , e bem baixinho eu acordei meu irmão e falei pra ele assim:
- Fernandinho, escuta shiiihh...
E ele escutou esses passos vindo lentamente , e a gente olhava pro corredor e nada havia la , mas dava pra ver tudo , e era bem nítido para nós 2 de onde esses passos estavam vindo , e era como algo invisível vindo caminhando em nossa direção , e então , eu e meu irmão nos abraçamos bem forte, e ficamos totalmente paralisados, agarrados , arrepiados , apavorados , até a respiração ficou bem devagar , e esses passos entrou no quarto , e eu fechei os olhos de tanto medo , e esses passos veio ate ao lado de nossa cama , parou por alguns minutos , depois voltou do mesmo lugar de onde veio , com passos lentos , com barulho de pegada no taco de madeira , foi sinistro , depois que acabou , a gente levantou , acendeu a luz e começou a investigar na casa , fomos no quarto da nossa irmã e ela estava dormindo , acordamos ela pra perguntar se foi ela que andou, e não foi , a gente ficou tão confuso mesmo sabendo que aquilo tinha sido MESMO PARANORMAL , a gente ainda tentava achar algo que fazia sentido , mas nunca fez sentido, a gente tinha visão de tudo , e algo invisível veio do corredor até nossa cama e voltou , até hoje eu e meu irmão discute , relembrando a ocasião e não temos ideia do que pode ter sido .
 Essa foi a mais sinistra experiencia que passei na vida, e que eu depois achei muito bom de ter acontecido , porque meu irmão presenciou junto comigo , e depois disso ele acreditou em tudo que eu contava pra ele e que antes ele julgava ser fruto da minha imaginação , e que eu chegava até pensar na época que eu estava ficando louco porque eu realmente passava as experiencias e ninguém acreditava em mim , e eu vivia com medo , o escuro pra mim era apavorante (hj em dia eu amo)  mas quando meu irmão passou essa experiencia junto comigo eu vi que não estava louco , que foi tudo verdade , dos vultos as sombras ... Observação: meu irmão só presenciou essa ocasião paranormal na vida dele e foi junto comigo.

Agora para finalizar minha historia vou contar um resumo sobre minha casa e um pouco de minha família, talvez possa ajudar explicar.
Minha Mãe faleceu quando eu tinha acabado de fazer 3 anos de idade, faleceu de acidente de carro, eu estava no berço ainda ela era muito apegada a mim eu era o caçula dela.

Meu avô (pai do meu pai) suicidou com veneno de rato na casa que passei essas experiencias (na cozinha) morreu nos braços do meu pai, quando ele chegou foi tarde.

Meu pai anda perdido, deprimido esses tempos e chegou a cogitar a ideia de suicidar esses dias pra mim , e ele estava na cozinha , ele anda meio doidão , mas tudo que tentamos fazer por ele vai em vão ele é muito difícil de lidar , não aceita psicologo , é católico mas não segue os mandamentos , ou não vai na igreja, eu tento conversar com ele , ele fala que eu sou um muleque de 24 anos e ele tem 60 ele não deve me escutar. complicado ,se existe alguma força espiritual negativa agindo la em casa, gostaria de saber , porque naquela casa teve muitas brigas , eu tinha uma péssima convivência com meu pai , hoje faz 6 anos que moro sozinho , e tenho a paz na minha vida , meus irmão tambem moram sozinhos , todos saíram da casa , e estamos todos bem , equilibrados , felizes , mas quem ta la agora , é meu pai e minha madrasta , os 2 estão perdidos e deprimidos , e pra piorar tem minha irmãzinha de 9 anos filha da minha madrasta , que mora com eles , e ela e muito forte emocionalmente  e inteligente já com 9 anos , já conversei com ela e ela nunca viu nada paranormal até hoje na casa , apezar que eu comecei a ver nessa idade , mas eu sempre to la vigiando e cuidando do meu pai , madrasta e irmã eu amo eles , e que que voces acham dessa casa? é possível ter uma energia pesada? muita gente entro la e sentiu essa energia, mas hoje em dia eu me sinto bem la, mesmo morando fora , quando vou pra la me sinto tão bem.
« Última modificação: Setembro 30, 2017, 06:27:51 por Paraphenomenal »


Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado
pub

  Tópico: Vultos (bolas de luz), Sombras, Passos de algo invisivel (Minhas Experiências) Resposta #1Setembro 30, 2017, 12:31:06
Iniciante


Mensagens: 32
Apreciações: 49
Referidos: 0

Feminino WWW
» Resposta #1 em: Setembro 30, 2017, 12:31:06

Enlobo

Agradeço o seu relato e todos os detalhes.

Provavelmente a casa era frequentada por uma ou mais consciências extrafísicas (pessoas que morreram) muito presas ao mundo físico. Existem muitas causas para as pessoas ficarem presas ao ambiente físico onde residiam, entre as quais:
- morte acidental
- suicídio
- apego às coisas materiais
- sentimentalismo exacerbado
- tarefa inacabada

Com o tempo, tudo passa porque cessam os motivos que prendem as consciências ao plano físico. Exemplos:
- chega o momento em que a pessoa que morreu de morte acidental ou suicídio morreria de morte natural - desliga-se então melhor do mundo físico por esgotamento do corpo energético
- a consciência presa ao plano físico pode receber ajuda de outras consciências (intrafísicas e extrafísicas) para compreender a sua nova situação e se desligar dos bens materiais ou para se libertar um pouco mais dos entes amados que deixou
- as tarefas inacabadas deixam de fazer sentido - ex. cuidar de filhos deixa de fazer sentido quando estes já são adultos

Tudo isto só são exemplos, o que não quer dizer que estes sejam a justificação para o que você relata.

Segundo o seu relato, o ambiente melhorou e você já não é uma criança amedrontatada. Percebo que você é uma pessoa equilibrada e apaziguadora. Pessoas assim melhoram tudo à sua volta - não só os ambientes por onde passam mas principalmente os ambientes onde concentram a sua atenção.

Mais uma vez, estou só a dar um exemplo, mas não tenho dúvida alguma de que você contribuiu para melhorar o ambiente, mesmo sem o perceber.

Continue a espalhar paz, que o mundo precisa dela - tanto no plano físico como no extrafíco.


Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado

A Conscienciologia é a ciência dedicada ao estudo da consciência considerando todos os seus veículos de manifestação, as múltiplas dimensões, as múltiplas vidas e a evolução consciencial.
  Páginas:   Ir para o topo
Novo Tópico Nova Votação
Ir para:  


Tópicos Relacionados
Assunto Iniciado por Respostas Visualizações Última mensagem
As minhas experiências
Relatos e Experiências
Neo 1 872 Última mensagem Setembro 02, 2012, 10:59:26
por cleopatra
Minhas Experiências
Relatos e Experiências
Eduardo Henrique Marques 1 959 Última mensagem Setembro 02, 2012, 11:08:57
por cleopatra
Bolas de luz estranhas
Orbes
Mandrágora 2 3632 Última mensagem Dezembro 21, 2009, 18:31:03
por Zühl
Sombras dançantes, flashes de luz, vultos negros, etc..
Relatos e Experiências
Sulphuristical 10 3117 Última mensagem Dezembro 08, 2014, 19:15:50
por cleopatra
Sombras e vultos na noite « 1 2 3 4 »
Relatos e Experiências
Jorge Manur 45 3559 Última mensagem Maio 07, 2013, 16:53:35
por lauviah
Ovnis e Pequenas Bolas de Luz « 1 2 »
Ovnilogia
Ninfa 20 1512 Última mensagem Julho 01, 2014, 22:45:09
por apocalypto
Luz e Sombras
Assuntos Místicos Generalistas
KHRIOS 0 251 Última mensagem Novembro 28, 2014, 16:25:46
por KHRIOS
Ver sombras ou vultos sentir presenças
Relatos e Experiências
anjos e sonhos 12 863 Última mensagem Janeiro 21, 2016, 15:45:58
por saryta