Bem vindo(a) ao Portugal Paranormal! Para aceder a todo o conteúdo do fórum registe-se ou, caso já seja membro, faça o login. Obrigado!
[x]

  Páginas:   Ir para o fundo
  Tópico: Como identificar as nossas vidas passadas? (967 visualizações) Março 22, 2016, 22:33:30
Guru
***


Mensagens: 633
Apreciações: 1039
Referidos: 0

Feminino
» em: Março 22, 2016, 22:33:30

Para visualizar as imagens,
por favor registe-se ou entre na sua conta.



A reencarnação, a ideia de que nossas almas ou espíritos podem reencarnar remonta pelo menos 3.000 anos. Podemos encontrar nas antigas tradições da Índia, Grécia e dos druidas celtas, que levantaram a possibilidade da reencarnação. E, francamente, este tipo de crença é realmente tentador, o fato de que nossas mentes não estão limitados a sete, oito ou nove décadas de vida na Terra.

Então você acha que já teve uma vida passada? Muito possivelmente, de uma raça diferente, uma outra classe socioeconómica, género ou outro. Até mesmo alguns acreditam que poderiam ter sido de outra espécie, como um cachorro, gazela, ou talvez um peixe. Mas o mais importante é que aqueles que acreditam em vidas passadas sugerem que pode haver pistas sobre o que atravessou as várias questões complexas que moldam nossa atual personalidade física, emocional, intelectual e psicológica. Você está disposto a saber a verdade sobre a sua vida?

Déjà Vu

A maioria de nós já experimentou a estranha sensação de  déjà vu, a sensação súbita e surpreendente que um evento que está a acontecer agora aconteceu exatamente assim antes. O psicólogo Arthur Funkhouser, que pesquisou esse misterioso fenómeno, dividiu-o em subcategorias: déjà vé~rabo~, um evento experimentado ou vivido; déjà senti, um sentimento desencadeado por uma voz ou música; e o déjà visitei, a sensação de se ter visitadoum lugar.

Enquanto os cientistas e psiquiatras insistem não haver nenhuma explicação neurológica para estes fenómenos, outros acreditam que ele poderia ser vagas lembranças de vidas passadas. Por exemplo, você entra em uma casa ou um lugar que você nunca visitou antes. No entanto, todos os detalhes desse lugar estão familiarizados consigo. Você sabe o que está no quarto ao lado e sobe as escadas. Você tem a forte sensação de que você já esteve lá antes. Terá sido uma vida passada?

Sonhos e pesadelos

Sonhos e pesadelos recorrentes poderão também ser sinais de uma vida passada. Você já experimentou o mesmo tempo de sonho, dois lugares com detalhes específicos que você nunca esteve. E do mesmo modo, pesadelos pode ser traumas de vidas passadas que se agarravam ao nosso espírito e que nos perseguem em nossos sonhos. Serão lembranças de algo importante que aconteceu numa vida passada?

Para visualizar as imagens,
por favor registe-se ou entre na sua conta.



Medos e fobias

De onde vêm seus medos e fobias? O medo de coisas como aranhas, cobras e alturas parece ser construído sobre a psique humana como parte do nosso instinto de sobrevivência. No entanto, muitas pessoas sofrem de fobias que são completamente irracionais. O medo da água, os pássaros, os números, espelhos, plantas, certas cores específicas... e muito mais. Pessoas que sofrem de todos os tipos de fobias estranhas.

Enquanto a comunidade científica tem explicações para esses medos estranhos, aqueles que acreditam em vidas passadas dizem que eles são causados ​​por uma vida anterior. O medo da água poderia significar uma morte anterior por afogamento, ou medo de vermelho poderia ser porque uma pessoa foi espancada ou morta com um objeto vermelho.

Afinidade por uma cultura estrangeira

Muitas pessoas que nasceram num país sentem um interesse irracional por outras culturas, ou sentem-se e se vestem-se como se fossem parte de outros tempos, tornando-se em muitos casos, obsessões. Céticos dizem que o intenso interesse numa questão específica poderá ser totalmente natural, mas nalguns casos pode ter alguma ligação com a sua vida passada.

Hábitos descontrolados

O lado escuro dessas paixões descontroladas são hábitos e obsessões que podem chegar a marginalizar uma pessoa na sociedade. Um homem que tem que girar o interruptor de luz dez vezes antes de sair de uma sala; uma mulher que mantém jornais em toda a sua casa, porque não suporta ter de se livrar deles.

Cada um de nós tem pelo menos um mau hábito, mas formas extremas incluem vícios de todos os tipos, desde a televisão à Internet. Mais uma vez, encontramos explicações psicológicas para esses hábitos não controlados, no entanto, dizem os especialistas de que a reencarnação pode ter suas raízes em vidas passadas.

Dores inexplicáveis

Você tem dores e sofrimentos que os médicos não conseguem encontrar uma explicação? No início, a sociedade era rotulada como hipocondríaca, como se as pessoas imaginassem os seus males. Mas a realidade é que as misteriosas dores podem ser reflexos de sofrimento que eles suportaram numa vida anterior.

Birthmarks (Marcas de nascença)

Como discutimos, as marcas de nascença podem ser a melhor evidência de vidas passadas. Houve um caso impressionante de uma criança indiana que alegou lembrar-se da vida de um homem chamado Maha Ram, que foi morto com uma espingarda. O jovem indiano tinha uma variedade de marcas de nascença no meio de seu peito que pareciam corresponder a um tiro de espingarda. Os pesquisadores descobriram que havia um homem chamado Maha Ram, que foi morto por um tiro de espingarda no peito. De acordo com o relatório da autópsia, Ram tinha ferimentos no peito que correspondiam diretamente com as marcas de nascença da criança. Da mesma forma, outras características físicas, incluindo deformidades, poderiam ser uma história da vida passada de uma pessoa.

Conclusão

Como se observa, apesar de alguns dos sintomas acima mencionados poderem ter explicações médicas, psicológicas ou sociais, existem muitas evidências para sugerir que poderão estar relacionado com reencarnação e vidas passadas. Você sabe com quem esteve na sua vida passada? Explique o seu caso.

Fonte: paranormalhoje.blogspot.com
Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado
pub

  Tópico: Como identificar as nossas vidas passadas? Resposta #1Março 22, 2016, 23:55:34
Guru
***


Mensagens: 1029
Apreciações: 2302
Referidos: 0

"Deus é bom o tempo todo"
Feminino
» Resposta #1 em: Março 22, 2016, 23:55:34

Muito interessante.
Pois eu estou quase certa que fui uma jovem naxista.
Tive visões durante minhas meditações.
Foram nítidas e fortes.
Depois que analisei as visões em conjunto cheguei a essa conclusão.
Segue as visões, conforme as anotei nos respectivos dias em que as tive:

- 15/03/2016:
Vi um homem forte e bonito de costas, ele trabalhava numa espécie de canavial, mas ele não cortava cana, ele empilhava as canas ou bambus cortados numa espécie de galpão. Tipo empilhava lenha. Ele usava short de calça cortada e uma camisa surrada. Ele era uma espécie de escravo. Eu o observava.
Depois vi uma espécie de rio, mas sem água. Era só o leito cheio de lama e cheio de cadáveres. Os cadáveres eram muitos e passavam diante de mim, num rio de lama e mato. Os cadáveres estavam nus.


- 18/03/2016:
Vi um grande olho verde me olhando de cima. Depois vi um campo de flores e uma criança correndo pelo campo em direção a uma casa de madeira. Fui subindo, me afastando dessa visão, como se estivesse sendo levada para longe. Então vi que estava dentro de uma casa imunda, cheia de sujeira e bagunça, enquanto eu andava pela casa, as coisas iam para seus lugares e a sujeira ia para dentro de uma grande lixeira no centro da cozinha. A cozinha ficou limpa, brilhava de tão limpa e cheirava gostoso.


- 19/03/2016:
Eu vi várias sombras e luzes, sem distinguir nada. Então vi um ambiente, que parecia uma enfermaria. Eu era uma enfermeira (ou achei que fosse), eu era loira, bem jovem, cabelos presos num coque, eu era militar.  Essa imagem passou e voltei a ver sombras e luzes. Depois vi um homem amarrado numa árvore, sendo torturado. Ele era prisioneiro de guerra. Ele estava nu e todo sujo de lama. O ambiente era muito parecido com o que vi na outra meditação, do rio de lama e corpos nus. Eu observava a tortura. Mas não fazia nada para impedir. Acho até que gostava. Então apontaram as armas e atiraram nele. Foram muitos tiros. Zombavam. "Acordei" sobressaltada.


Minhas conclusões:
Eu fui uma jovem nazista.
Corpos nus: a maioria dos judeus ficavam nus nos campos de concentração.
Eu vi os soldados com o símbolo nazista.
Maldade e diversão com o sofrimento dos outros.
Além dessas visões há outras coisas que "indicam" isso.
Exemplo, sempre que ouvia falar da supremacia da raça ariana, sentia que eu fazia parte dessa "elite".
Antes eu pensava que era porque sou branca de olhos verdes. Mas acho que é mais do que isso.
Aliás, sou mesmo ariana (signo). Rsrsrs

Sou historiadora, mas nunca gostei de estudar o nazismo, como se sentisse vergonha das atrocidades cometidas.

Sinto uma grande atração pelo povo judeu. Já cheguei a cogitar me converter... Dã 😳😳😳
Inclusive estudo hebraico, me fascina.

Então, unindo essas informações, joguei no Google mulheres nazistas.
Caiu logo sobre uma foto de uma tal Irma, que se parecia muito com a mulher que vi nas visões.
E a história dela se parece muito com o que vi.
Ela tentou ser enfermeira por duas vezes e não conseguiu.
Foi trabalhar por vontade própria nos campos de concentração, como "bedel".
Ela era muito má.
Os sobreviventes contam horrores dela. Ela fazia barbáries, maltratando e torturando os judeus até a morte.
Foi morta aos 23 anos, após a prisão dos líderes nazistas.
Ela morreu enforcada, tenho sérios problemas de garganta.
Desde pequena precisava tomar benzetacil mensalmente por causa da garganta, sempre inflamada. Ainda hoje, qualquer ventinho já atinge a garganta. Começa a doer por nada.

Bom... É isso...
Não sei se eu fui essa tal Irma, mas acho que fui uma nazista em má e cruel.

Segue o link sobre a tal Irma:

http://avidanofront.blogspot.com.br/2009/07/irma-ilse-ida-grese-bela-besta.html?m=1
Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado

  Tópico: Como identificar as nossas vidas passadas? Resposta #2Março 23, 2016, 00:28:57
Mestre
****


Mensagens: 2239
Apreciações: 3829
Referidos: 0

Feminino
» Resposta #2 em: Março 23, 2016, 00:28:57

Eu ainda não tive grandes confirmaçoes de quem fui até porque não da para investigar...até ao dia em que nos r.a da faty lee...eu vi uma cena inusitada...eram duas mulheres conversando enquanto andavam por um corredor...uma delas de cabelo grisalho fala para outra mulher mais jovem(eu)...o seguinte "The nazis..." lembro que o sotaque era britanico, e tambem percebi que eu era espia. Decidi procurar na net, não sei porque, mas sabia que ela se chamava como eu, morreu com menos de 25 anos, e que deixou algum filho (de constar que eu nunca soube nada sobre espias britanicas na segunda guerra)...encontrei alguem que se encaixava em quase todas as caracteristicas, menos no nome, então pensei "foi tudo imaginação"...até que vi o nome completo dela...ela tinha o meu nome, mas não era o primeiro nome. Sempre estranhei a insistencia do meu pai no meu nome, ainda por cima um nome não tão comum, sempre que pergunto o motivo, ele da uma explicação diferente....decidi explorar a vida dessa espia...e fui encontrando paralelos na minha vida, essa espia era franco-britanica, dai ter sido recrutada, um dos motivos era o sotaque frances perfeito para enganar os nazis, eu tambem tenho uma excelente dicção de frances (eu era requisitada com frequencia nas aulas de frances pela professoras para ler os textos,elas achavam que eu tinha um sotaque quase perfeito...embora eu não gostasse muito de frances). Ela  na segunda missao foi apanhada pelos nazis e levada para o campo de concentração de ravensbruck, o campo mais oriental de todos, ai ela fez trabalhos forçados durante o inverno gelado (eu estou sempre gelada, mesmo no verão, nasci com problemas congenitos na coluna,não posso fazer trabalhos pesados), ela no fim foi fuzilada com um tiro na nuca pelas costas,( eu tenho terror que me surpreendam pelas costas, se alguem vem por tras e grita "buuuu" eu fico aterrorizada)...ha outros paralelos, mas certezas eu não tenho nenhuma...
« Última modificação: Março 23, 2016, 00:31:13 por moonchild »


Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado

"Um dia eu lhe disse para esconder o seu coração... Você deveria ter escutado"

  Tópico: Como identificar as nossas vidas passadas? Resposta #3Março 23, 2016, 00:58:57
Guru
***


Mensagens: 1029
Apreciações: 2302
Referidos: 0

"Deus é bom o tempo todo"
Feminino
» Resposta #3 em: Março 23, 2016, 00:58:57

Muito bom Moon
O ruim é não termos certezas...
Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado

  Tópico: Como identificar as nossas vidas passadas? Resposta #4Março 23, 2016, 01:11:35
Mestre
****


Mensagens: 2239
Apreciações: 3829
Referidos: 0

Feminino
» Resposta #4 em: Março 23, 2016, 01:11:35

É verdade. Eu não coloquei o nome dela porque não tenho a certeza se é ou não...afinal foi apenas uma pequena cena que eu vi, pode não ser nada demais.
Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado

"Um dia eu lhe disse para esconder o seu coração... Você deveria ter escutado"

  Tópico: Como identificar as nossas vidas passadas? Resposta #5Março 23, 2016, 01:28:26
Iniciante


Mensagens: 18
Apreciações: 27
Referidos: 0

Feminino
» Resposta #5 em: Março 23, 2016, 01:28:26

Não faço ideia se está relacionado com vidas passadas, mas a ler este tópico lembrei-me que sempre tive interesses "estranhos" por culturas e épocas diferentes. No inicio da adolescência, adorava tudo o que fosse relacionado com os anos 20, desde a literatura, à música, às roupas, etc. Mais tarde foi o judaísmo, e acabei por descobrir que tenho ascendência. De há uns anos para cá, tenho tido um fascínio pela cultura nativa americana. Nunca soube explicar o porquê destes interesses, mas se tiver que escolher o que me intriga mais é o judaísmo. Talvez esteja mesmo relacionado com vidas passadas. Quem sabe? Smiley
Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado

  Tópico: Como identificar as nossas vidas passadas? Resposta #6Março 23, 2016, 17:00:24
Banido!


Mensagens: 551
Apreciações: 109
Referidos: 0

"a verdade está aí fora"
Feminino WWW
» Resposta #6 em: Março 23, 2016, 17:00:24

fobias estranhas....falo por mim....tenho fobia/pânico de papoilas Sad Sad mesmo de flores (já foi mais, agora apenas tolero as flores, não as papoilas ) agora o que significa não sei
Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado

Eu, eu e eu, mai nada! :P

  Tópico: Como identificar as nossas vidas passadas? Resposta #7Março 23, 2016, 22:51:12
Guru
***


Mensagens: 633
Apreciações: 1039
Referidos: 0

Feminino
» Resposta #7 em: Março 23, 2016, 22:51:12

Wow! Quelinha e moonchild, achei os vossos relatos impressionantes! Sem dúvida que vocês já têm convosco várias "evidências/pistas" daquilo que poderão ter sido no passado... reparem que ainda por cima vocês tem pistas que depois remetem para doenças num sítio específico, que a causa poderá ser perfeitamente algo ocorrido numa vida passada.
Acho que ainda assim é possível "trabalharem" mais o assunto, se quiserem claro... já fizeram alguma tvp? Talvez uma tvp desse para conseguirem aceder ao cerne da questão, e também por exemplo o porquê de se lembrarem dessa e não de outra vida... quem sabe se depois disso as vossas dores e fobias não atenuariam?

MonicaRB, talvez seja, talvez não seja... penso que seria mais evidente e poderíamos tirar mais certezas caso o seu gosto/fascínio por uma determinada cultura fosse constante e recorrente ao longo do tempo... Mas possivelmente até poderá ter uma ligação com uma das culturas que referiu Wink Acho que é uma questão de tentar descobrir com o tempo através dos sinais que possa vir receber, basta estar atenta... por que não começar por fazer a meditação dos registos akáshicos?

maryn, bem, acho que o seu exemplo é mesmo daqueles medos inexplicáveis ou "irracionais" como está referido neste texto... Em condições "normais", não haveria assim uma razão que explicasse o porquê de ter medo de flores, mais concretamente as papoilas, mas é curioso que assim que li o seu post, lembrei-me de uma coisa... sabe a celebração do "The Poppy Day"? Usam-se papoilas para homenagear os soldados que perderam a vida na I Guerra Mundial. Pode ser por aí... talvez a maryn tenha feito parte dessa altura e até mesmo ter sido um soldado que sobreviveu e na altura do Poppy Day,  a memória das papoilaspode ter ficado retida em si mesmo que não se tenha apercebido nem se lembrar, daí nesta vida ficar apreensiva com flores, mais específicamente as papoilas... Será?
« Última modificação: Março 23, 2016, 22:51:50 por askyfullofstars »


Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado

  Tópico: Como identificar as nossas vidas passadas? Resposta #8Março 23, 2016, 23:03:45
Banido!


Mensagens: 551
Apreciações: 109
Referidos: 0

"a verdade está aí fora"
Feminino WWW
» Resposta #8 em: Março 23, 2016, 23:03:45

Askyfullofstars seria interessante descobrir....até porque tenho um "sinal" no pulso da mão direita...
Como fazer TVP?
Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado

Eu, eu e eu, mai nada! :P

  Tópico: Como identificar as nossas vidas passadas? Resposta #9Março 23, 2016, 23:37:06
Guru
***


Mensagens: 633
Apreciações: 1039
Referidos: 0

Feminino
» Resposta #9 em: Março 23, 2016, 23:37:06

Em relação à TVP em si, não sou a melhor pessoa para lhe explicar como é que funciona pois não faço regressões às pessoas, ainda assim sei um pouco como funciona...

A regressão às vidas passadas deve ser feita com alguém, sobretudo um profissional que seja bem entendido no assunto, até porque quando vamos fazer uma regressão, à partida não sabemos aquilo que vamos encontrar e cada pessoa lida de várias formas a nível emocional com as imagens que vão surgindo... Imagine que ia fazer uma regressão e que começava a chorar compulsivamente devido às coisas que viu sobre o seu passado... não ia ser bom pois não? E podia correr o risco de ficar com eventuais "traumas", porque repare, ao fazer a regressão, no momento em que surge a cena x ou y é como se estivesse a viver aquilo tudo novamente, a sentir tudo aquilo, e se for algo mau que tenha acontecido no passado, a pessoa pode não reagir bem... Por exemplo alguém vai fazer uma regressão e vê que matou uma pessoa que é por acaso o seu melhor amigo na vida atual... ia ser um autêntico choque! E dessa altura em diante, provavelmente seria um bocado complicado a pessoa lidar com o seu melhor amigo sabendo daquilo que descobriu, como se sentisse culpa, certo? Daí a necessidade de se fazer a TVP com um bom terapeuta para a regressão não causar outro tipo de danos. É uma questão de se informar com alguém competente para lhe fazer isso.

No entanto, não fique com medo do que pode acontecer por se sujeitar a uma regressão, como por exemplo "morrer"... isso é apenas algo que há pessoas que acreditam, mas erradamente, e muitas pessoas já fizeram hoje em dia uma TVP e não ficaram por lá... até pode ver os relatos aqui no PP para ver mais ou menos como funciona.

Mesmo assim, se não quiser fazer logo uma TVP, tem a possibilidade de fazer a meditação dos Registos Akáshicos, que permite aceder às suas vidas passadas. Está disponível aqui no fórum e não custa nada, é uma meditação e faz-se tranquilamente. O mesmo acontece na TVP, em que a pessoa é colocada em relaxamento e vai recebendo indicações do terapeuta e vai conseguindo progressivamente aceder às vidas passadas, e nisto claro que há pessoas que tem mais facilidade que outras em aceder.

Espero ter ajudado! Wink
Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado

  Tópico: Como identificar as nossas vidas passadas? Resposta #10Março 24, 2016, 00:04:09
Avançado
**


Mensagens: 138
Apreciações: 250
Referidos: 0

Shame On The Night
» Resposta #10 em: Março 24, 2016, 00:04:09


Então, unindo essas informações, joguei no Google mulheres nazistas.
Caiu logo sobre uma foto de uma tal Irma, que se parecia muito com a mulher que vi nas visões.
E a história dela se parece muito com o que vi.
Ela tentou ser enfermeira por duas vezes e não conseguiu.
Foi trabalhar por vontade própria nos campos de concentração, como "bedel".
Ela era muito má.
Os sobreviventes contam horrores dela. Ela fazia barbáries, maltratando e torturando os judeus até a morte.
Foi morta aos 23 anos, após a prisão dos líderes nazistas.
Ela morreu enforcada, tenho sérios problemas de garganta.
Desde pequena precisava tomar benzetacil mensalmente por causa da garganta, sempre inflamada. Ainda hoje, qualquer ventinho já atinge a garganta. Começa a doer por nada.

Bom... É isso...
Não sei se eu fui essa tal Irma, mas acho que fui uma nazista em má e cruel.

Segue o link sobre a tal Irma:

http://avidanofront.blogspot.com.br/2009/07/irma-ilse-ida-grese-bela-besta.html?m=1


Conheço essa tal Irma. Smiley Ha pouco tempo pesquisei campos de concentração como inspiração para o meu livro, e vi-a, tal como outra mulher bastante famosa. Ha várias mulheres na altura que como ela eram nazis e andavam por lá. Ela é a que tem mais destaque por ser bela e cruel, mas você pode ter sido outra também, talvez até menos cruel eheh Tongue Elas eram muito parecidas na altura....

É verdade. Eu não coloquei o nome dela porque não tenho a certeza se é ou não...afinal foi apenas uma pequena cena que eu vi, pode não ser nada demais.
Tal como eu Smiley Também não coloco o nome porque pode nao ser nada e ha que respeitar a memória das pessoas... De uma forma ou de outra vou sempre arranjando novidades do meu caso mas é muito difícil...
Sempre quis ser igual a toda a gente, em criança sempre quis gostar do mesmo que os outros gostavam e nunca consegui... sentia-me diferente e pensava que tinha algo de anormal em mim, que estava errada. que não era tão capacitada quantos os outros e por isso nao conseguia gostar das mesmas coisas etc... Eu ouvia coisas de 80s na radio muito de longe a longe, e dizia á minha mae: que musica linda adoro!;  E ela falava: Oh! Essa musica já é mais velha que sei lá o quê, não sejas parva!
Eu passava-me com isso... revoltava-me com afirmações dessas, não queria acreditar que ninguem mais ouvia aquilo, que já tinha passado e só havia musicas que eu odiava no presente. Isto eu em criança, do tempo da escola primária ou até um pouco antes...
Até hoje me sinto diferente, não lido bem com isso, tenho de saber o porquê de ser assim senão nunca terei paz...
« Última modificação: Março 24, 2016, 00:15:51 por Under_A_Spell »


Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado

  Tópico: Como identificar as nossas vidas passadas? Resposta #11Março 24, 2016, 00:19:56
Iniciante


Mensagens: 18
Apreciações: 27
Referidos: 0

Feminino
» Resposta #11 em: Março 24, 2016, 00:19:56


MonicaRB, talvez seja, talvez não seja... penso que seria mais evidente e poderíamos tirar mais certezas caso o seu gosto/fascínio por uma determinada cultura fosse constante e recorrente ao longo do tempo... Mas possivelmente até poderá ter uma ligação com uma das culturas que referiu Wink Acho que é uma questão de tentar descobrir com o tempo através dos sinais que possa vir receber, basta estar atenta... por que não começar por fazer a meditação dos registos akáshicos?



Eu nunca perdi os interesses, fui acumulando. Confesso que sou um pouco céptica, mas já conversei com várias pessoas sobre isso e disseram-me que podia estar a ter sinais exactamente por causa da idade que teria, ou seja, que o fascinio pelos anos 20 seria por ter morrido adolescente nessa epoca, pelo judaismo por ter morrido no inicio da idade adulta e que a cultura nativa americana surge porque morri com cerca de 30 anos. Faz sentido? Smiley Gosto sempre de ter várias perspectivas.
Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado

  Tópico: Como identificar as nossas vidas passadas? Resposta #12Março 24, 2016, 00:39:07
Avançado
**


Mensagens: 138
Apreciações: 250
Referidos: 0

Shame On The Night
» Resposta #12 em: Março 24, 2016, 00:39:07



Eu nunca perdi os interesses, fui acumulando. Confesso que sou um pouco céptica, mas já conversei com várias pessoas sobre isso e disseram-me que podia estar a ter sinais exactamente por causa da idade que teria, ou seja, que o fascinio pelos anos 20 seria por ter morrido adolescente nessa epoca, pelo judaismo por ter morrido no inicio da idade adulta e que a cultura nativa americana surge porque morri com cerca de 30 anos. Faz sentido? Smiley Gosto sempre de ter várias perspectivas.


Gosta de historia? Descobrir o passado? É que com tantos interesses diferentes poderia ser professor ou historiador! Smiley
No meu caso interessava-me 50s e 80s. Pelo que vim a descobri, e se for mesmo verdade, 50s foi quando nasci e na adolescencia de outra vida interessava-me por coisas dessa epoca ja, e 80s sem duvida a decada mais importante, onde fiz carreira artistica. Por isso nada é impossivel eheh Cheesy
Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado

  Tópico: Como identificar as nossas vidas passadas? Resposta #13Março 24, 2016, 00:47:47
Iniciante


Mensagens: 18
Apreciações: 27
Referidos: 0

Feminino
» Resposta #13 em: Março 24, 2016, 00:47:47


Gosta de historia? Descobrir o passado? É que com tantos interesses diferentes poderia ser professor ou historiador! Smiley
No meu caso interessava-me 50s e 80s. Pelo que vim a descobri, e se for mesmo verdade, 50s foi quando nasci e na adolescencia de outra vida interessava-me por coisas dessa epoca ja, e 80s sem duvida a decada mais importante, onde fiz carreira artistica. Por isso nada é impossivel eheh Cheesy


Não só gosto como estudei história, embora tenha acabado por me formar em línguas, literaturas e culturas. Nunca me tinham colocado essa hipótese, mas faz imenso sentido! Smiley
Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado

  Tópico: Como identificar as nossas vidas passadas? Resposta #14Março 24, 2016, 00:52:40
Avançado
**


Mensagens: 138
Apreciações: 250
Referidos: 0

Shame On The Night
» Resposta #14 em: Março 24, 2016, 00:52:40



Não só gosto como estudei história, embora tenha acabado por me formar em línguas, literaturas e culturas. Nunca me tinham colocado essa hipótese, mas faz imenso sentido! Smiley


Ainda digo mais, porque nao um historiador/dora que viveu a parte mais significativa da sua vida nos anos 20, de religiao judaica, e que estudava varias coisas inclusive os nativos?
Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado
  Páginas:   Ir para o topo
Novo Tópico Nova Votação
Ir para:  


Tópicos Relacionados
Assunto Iniciado por Respostas Visualizações Última mensagem
Vidas Passadas (Filme)
Filmes, Cinema e Séries
Lunática 4 5179 Última mensagem Junho 19, 2011, 19:35:23
por Lilu
Influencia dos espíritos nas nossas vidas
Espiritismo
Anitacleo 1 1351 Última mensagem Setembro 30, 2012, 00:48:08
por Nicolas
Porque é que invejam tanto as nossas vidas?
Cartomancia, Astrologia, Numerologia & Quirologia
mimi 7 1826 Última mensagem Outubro 27, 2017, 10:21:05
por Sophie14
Vidas passadas ...
Poesia
Seth 7 1023 Última mensagem Março 23, 2016, 21:52:05
por cody sweets
Como conhecer as suas vidas passadas
Livros, Revistas e Jornais
Mellinda 3 1087 Última mensagem Janeiro 20, 2013, 12:54:15
por Mellinda
Como fazer alguém desaparecer das nossas vidas? « 1 2 »
Magia & Feitiçaria
MDB 27 61853 Última mensagem Junho 28, 2017, 07:03:46
por F.Leite
Como conhecer as suas vidas passadas - Ted Andrews
Livros, Revistas e Jornais
strawberry 4 707 Última mensagem Março 07, 2015, 11:23:45
por cleopatra
A escolha do parceiro em nossas vidas « 1 2 »
Discussão Off-Topic & Chat Geral
Faty Lee 22 961 Última mensagem Agosto 24, 2015, 12:27:38
por Templa