Bem vindo(a) ao Portugal Paranormal! Para aceder a todo o conteúdo do fórum registe-se ou, caso já seja membro, faça o login. Obrigado!
[x]

  Páginas:   Ir para o fundo
  Tópico: Provas Científicas que Atestam a Existência de Espíritos Resposta #15Setembro 21, 2009, 20:12:15
Mestre
****
Membro do Mês - Setembro 2009 Escritor do Mês - Outubro 2009 Escritor do Mês - Abril 2010 Escritor do Mês - Dezembro 2010


Mensagens: 4516
Apreciações: 1179
Referidos: 1

Tudo o que o espirito humano pensar deve existir
Feminino
» Resposta #15 em: Setembro 21, 2009, 20:12:15

Aliás, no livro dos Médiuns, de Allank Kardek, este trata o espiritismo como uma ciência.

Cá por mim o mundo do espírito é muito mais fascinante. A ciência, patra mim é muito mais redutora. A vida da carne, de toda a carne, é bem mais frágil do que a "vida2 de um espírito.
Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado

Templa - Membro nº 708
pub

  Tópico: Provas Científicas que Atestam a Existência de Espíritos Resposta #16Outubro 06, 2009, 17:25:15
Avançado
**


Mensagens: 176
Apreciações: 27
Referidos: 0

Masculino
» Resposta #16 em: Outubro 06, 2009, 17:25:15

Aliás, no livro dos Médiuns, de Allank Kardek, este trata o espiritismo como uma ciência.
Não leves a mal, mas também o zézé camarinha diz que engatar mulheres é uma ciência...é preciso analisar as coisas como elas são efectivamente, e imparcialmente. O que é facto é que nunca se comprovou que existem espíritos. Até mesmo coisas mais simples, como as chamadas 'viagens astrais' ou fenómenos que ocorrem durante a meditação, podem ser só o nosso cérebro a 'funcionar'.
Seja a primeira pessoa a gostar disto, fazendo login ou registando-se.
Registado

"Dormir? Só dorme o frio cadáver, que não sente; A alma voa e se abriga aos pés do omnipotente" - Alexandre Herculano

  Tópico: Provas Científicas que Atestam a Existência de Espíritos Resposta #17Outubro 22, 2009, 13:19:25
Mestre
****
Membro do Mês - Setembro 2009 Escritor do Mês - Outubro 2009 Escritor do Mês - Abril 2010 Escritor do Mês - Dezembro 2010


Mensagens: 4516
Apreciações: 1179
Referidos: 1

Tudo o que o espirito humano pensar deve existir
Feminino
» Resposta #17 em: Outubro 22, 2009, 13:19:25

Não leves a mal, mas também o zézé camarinha diz que engatar mulheres é uma ciência...é preciso analisar as coisas como elas são efectivamente, e imparcialmente. O que é facto é que nunca se comprovou que existem espíritos. Até mesmo coisas mais simples, como as chamadas 'viagens astrais' ou fenómenos que ocorrem durante a meditação, podem ser só o nosso cérebro a 'funcionar'.


Achei piada a história do Zé Zé Camarinha lol  laugh
Seja a primeira pessoa a gostar disto, fazendo login ou registando-se.
Registado

Templa - Membro nº 708

  Tópico: Provas Científicas que Atestam a Existência de Espíritos Resposta #18Novembro 02, 2009, 20:44:58
Visitante
» Resposta #18 em: Novembro 02, 2009, 20:44:58

bom eu tenho 12 anos e estudei sobre a separação da igreja e da ciencia.(não lembro muito bem pois desenho fantasmas na aula).

aki vamos resumir os 2

ciência:Razão

Igreja:Fe


A fe e a razão nunca andaram juntas

Muito ciencitas nao acreditam em Deus.

Eu acredito em espiritos pois Deus e um bom espirito e como a o bem existe o mau.
Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado

  Tópico: Provas Científicas que Atestam a Existência de Espíritos Resposta #19Dezembro 01, 2009, 19:44:14
Júnior
*


Mensagens: 76
Apreciações: 7
Referidos: 0

Masculino
» Resposta #19 em: Dezembro 01, 2009, 19:44:14


Para mim que me considero um ceptico (não um ceptico quanto à existencia do paranormal, mas quanto aos acontecimentos e às ditas "provas" por muitos utilizados como provas de) o problema prende-se simplemente com a Universalidade.

Ou seja a ciencia utiliza um conjunto de metodos que a credibilizam e permitem que aquele facto seja reproduzido e observado em qualquer parte do mundo, enquanto outras areas do conhecimento que procuram estudar o espiritismo regem-se por "eu sinto", "eu vi", "aconteceu comigo", "aquele medium disse", etc ... isto não é de nenhuma forma um metodo que permita a sua aceitação universal ...

Quer as pessoas queiram quer não a realidade é que os espiritos são algo do reino da crença e baseia-se somente na fé de cada um ... E como tal é sujeita à dúvida e a uma realidade não sustentada que a ciencia por sua vez tras ...

Os mediuns sujeitos a análise cientifica foram descredibilizados, o ouija entre outros foram também descredibilizados pela ciencia e nunca se provou cientificamente a existencia de espiritos ...

E mais, se analisar-mos a historia humana a norma é que quanto mais avançamos na tecnologia mais conseguimos justificar o que achamos de paranormal como algo perfeitamente natural ... O contrario não acontece.

Sou crente mas não coloco de forma alguma de parte a possibilidade do que hoje aredito como espiritos sejam num futuro totalmente descredibilizados por evidencias cientificas que ainda não descobrimos ...
Seja a primeira pessoa a gostar disto, fazendo login ou registando-se.
Registado

  Tópico: Provas Científicas que Atestam a Existência de Espíritos Resposta #20Dezembro 13, 2009, 19:35:03
Iniciante


Mensagens: 44
Apreciações: 6
Referidos: 0

Masculino
» Resposta #20 em: Dezembro 13, 2009, 19:35:03

Crenças e mitos a parte e já agora argumentação falacioso também... O homem contém espírito, pode não ser aquilo que cremos ser ou tão colorido como nas religião o pintam, mas podemos classifica-lo de espírito.


Mas o facto é que o homem é  composto por grande quantidade de energia electromagnética (aka espírito), agora o mistério está em saber o que acontece a essa energia uma vez expirado o prazo de validade da carcaça.

Existe também uma realidade cientifica que pode atestar a possibilidade de existência de outras dimensões e alter-egos e dar alguma hipótese a crença mística, paranormal e sobrenatural . Física Quântica, Teoria M, teoria do Fio, etc.

para não falar da própria psicologia cognitiva  da qual se destaca Jung, que basicamente relata que o ser humano não é nada mais que pura cognição, que efectivamente não existe uma realidade, apenas perspectiva. E que coisas como lógica, verdades absolutas e abstracções tem pouca tradução na nossa dita "perspectiva"(realidade).

É impossível falar de experiências e provas verdadeiramente objectivas, porque a verdadeira objectividade é uma mera abstracção.

Qualquer explicação de como funciona o mundo termina em "... porque um impulso eléctrico cerebral fez...", logo a partida o cerne do problema o ser individual e não o mundo(exterior) que o afecta, porque é o individuo que interpreta esses estímulos externos. Funciona de certa maneira como o filme do Matrix, para um homem a sofrer de esquizofrenia as alucinações são tão reais para eles como é o dito mundo exterior para nós.

Claro que isto não ajuda, deixa simplesmente em aberto as questões que previamente eram tabu.

A mim aprece que a ciência e a filosofia andaram concentrados demais em tentar encontrar uma única  explicação  para tudo, falharam, tanto que o espírito cientifico positivista moderno morreu.

Considerando assim estes factores, é preferível ter uma visão mais holística do universo e da vida, o "dogma" cientifico e espiritual te
Não é permitida a colocação de mensagens seguidas no mesmo tópico, em vez disso deve editar-se a anterior. Ver também Regras Gerais do Fórum, alínea 20. Obrigado.

m os dias contados.

« Última modificação: Junho 22, 2011, 08:58:08 por Paraphenomenal »


Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado

"Camouflage is the colour of fear... I have no need to hide from my foes... I have no fear of death. My colours I wear openly, they proclaim louder than any words, "I am proud to live - I am proud to die".

  Tópico: Provas Científicas que Atestam a Existência de Espíritos Resposta #21Dezembro 13, 2009, 21:12:57
Visitante
» Resposta #21 em: Dezembro 13, 2009, 21:12:57

Estou inteiramente de acordo contigo, Miss B Smiley  Na minha resposta, apenas comentei a questão do ponto de vista da ciência. Embora ela não prove que os espíritos existem, eu acredito absolutamente que sim (por tudo aquilo que já li sobre regressão e outros fenómenos paranormais). E de modo nenhum poderia desvalorizar as tuas experiências, por exemplo. Smiley 

Pessoalmente também acredito que haverá um limite para a ciência em termos de compreensão do Universo e da nossa existência. Isto por uma razão: acredito que as emoções e os estados de alma são a base da nossa existência e dificilmente se poderão medir através da matemática. Mas penso que existe a possibilidade da ciência vir a explicar a existência de espíritos, usando por exemplo a física - isso não quer dizer que os espíritos sejam afinal entidades inanimadas como a electricidade ou o magnetismo, desmascaradas pela ciência. Acredito que vão ser exactamente aquilo que pensamos que são Smiley  Tal como a medicina estuda a vida nos nossos corpos físicos, a física poderá até certo ponto explicar a vida espiritual, noutras dimensões...


Concordo absolutamente contigo... Eu acredito plenamente em espiritos, apesar de em termos de experiencias eu ser bastante rigorosa no que toca ao que acontece e no entanto nao preciso que a ciencia tenha como comprovado que eles existem para eu acreditar. Penso que isso foi um habito errado criado a partir da epoca em que a igreja começou a cair e a ciencia a subir por diversas razões... A verdade é que como tudo até a ciencia é subjectiva quer queiramos quer não (palavras de um grande filosofo e antropologo chamado Habermass). Nós só vemos aquilo que queremos ver e quando temos um objectivo procuramo-lo por vezes esquecendo ou nem reparando em pormenores totalmente essenciais e que nos dariam imensas respostas. O que eu quero dizer com isto é que a questão da comprovação da existência dos espiritos iria trazer um pouco das grandes inseguranças humanas ao de cima... a comprovação daquilo que nos é totalmente desconhecido... Outro dos pontos é que a ciencia mesmo inconscientemente ainda batalha com a religião em vez de a ver como complementar. No entanto acredito que quando nós admitirmos e procurarmos com esperança e crença (que tem de existir em todas as investigações) essa possivel complementaridade irá ser dado um grande passo para a comprovação desta temática. De momento existe a parapsicologia que é a ciencia (sim não é uma pseudo ciencia como maior parte das pessoas pensa) que visa à tentativa de comprovação dos espiritos e de coisas relativas ao oculto e muito tem vindo a ser revelado e ate mesmo desvendado no entanto outras áreas da ciencia continuam a colocar ouvidos fechados a montes de coisas. No entanto e guiando-me por Habermass... quando uma investigação é feita muitos investigadores com poder critico criticam a sua viabilidade e falibilidade ou nao no entanto na maioria sao vistas como possiveis porque não sao vistas como impossiveis, como investigaçoes a algo que nao é comprovável... no entanto neste ambito os criticos arranjam de tudo nas suas criticas para anular tudo o que é desvendado. A verdade é que até a ciencia é subjectiva e o modo como olhamos as coisas que nos rodeiam e como encaramos uma investigação influencia como a mesma se vai proceder e revelar e até ser demonstrada e encarada pelo resto dos criticos.
Há um grande passo que acredito que ainda temos de dar de abertura para que as coisas possam ser ditas como " comprovadas cientificamente " até lá acho que parapsicologos ou nao devemos fazer de tudo para o não inviesamento daquilo que queremos comprovar.

 Kiss
Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado

  Tópico: Provas Científicas que Atestam a Existência de Espíritos Resposta #22Dezembro 13, 2009, 23:06:09
Júnior
*


Mensagens: 73
Apreciações: 10
Referidos: 0

Masculino
» Resposta #22 em: Dezembro 13, 2009, 23:06:09


Resposta impecável, Leqke! Smiley

 Kiss

Seja a primeira pessoa a gostar disto, fazendo login ou registando-se.
Registado

  Tópico: Provas Científicas que Atestam a Existência de Espíritos Resposta #23Dezembro 13, 2009, 23:25:52
Visitante
» Resposta #23 em: Dezembro 13, 2009, 23:25:52

Obrigada..  embaressed
Seja a primeira pessoa a gostar disto, fazendo login ou registando-se.
Registado

  Tópico: Provas Científicas que Atestam a Existência de Espíritos Resposta #24Dezembro 14, 2009, 04:13:56
Júnior
*


Mensagens: 76
Apreciações: 7
Referidos: 0

Masculino
» Resposta #24 em: Dezembro 14, 2009, 04:13:56

Concordo absolutamente contigo... Eu acredito plenamente em espiritos, apesar de em termos de experiencias eu ser bastante rigorosa no que toca ao que acontece e no entanto nao preciso que a ciencia tenha como comprovado que eles existem para eu acreditar. Penso que isso foi um habito errado criado a partir da epoca em que a igreja começou a cair e a ciencia a subir por diversas razões... A verdade é que como tudo até a ciencia é subjectiva quer queiramos quer não (palavras de um grande filosofo e antropologo chamado Habermass). Nós só vemos aquilo que queremos ver e quando temos um objectivo procuramo-lo por vezes esquecendo ou nem reparando em pormenores totalmente essenciais e que nos dariam imensas respostas. O que eu quero dizer com isto é que a questão da comprovação da existência dos espiritos iria trazer um pouco das grandes inseguranças humanas ao de cima... a comprovação daquilo que nos é totalmente desconhecido... Outro dos pontos é que a ciencia mesmo inconscientemente ainda batalha com a religião em vez de a ver como complementar. No entanto acredito que quando nós admitirmos e procurarmos com esperança e crença (que tem de existir em todas as investigações) essa possivel complementaridade irá ser dado um grande passo para a comprovação desta temática. De momento existe a parapsicologia que é a ciencia (sim não é uma pseudo ciencia como maior parte das pessoas pensa) que visa à tentativa de comprovação dos espiritos e de coisas relativas ao oculto e muito tem vindo a ser revelado e ate mesmo desvendado no entanto outras áreas da ciencia continuam a colocar ouvidos fechados a montes de coisas. No entanto e guiando-me por Habermass... quando uma investigação é feita muitos investigadores com poder critico criticam a sua viabilidade e falibilidade ou nao no entanto na maioria sao vistas como possiveis porque não sao vistas como impossiveis, como investigaçoes a algo que nao é comprovável... no entanto neste ambito os criticos arranjam de tudo nas suas criticas para anular tudo o que é desvendado. A verdade é que até a ciencia é subjectiva e o modo como olhamos as coisas que nos rodeiam e como encaramos uma investigação influencia como a mesma se vai proceder e revelar e até ser demonstrada e encarada pelo resto dos criticos.
Há um grande passo que acredito que ainda temos de dar de abertura para que as coisas possam ser ditas como " comprovadas cientificamente " até lá acho que parapsicologos ou nao devemos fazer de tudo para o não inviesamento daquilo que queremos comprovar.

 Kiss

Eu não concordo com a tua opinião.

Isto porque a ciência não é subjectiva como afirmaste. A ciência assenta naquilo que podemos constatar quer através da observação quer através de raciocínio de ideias factuais utilizando métodos científicos para tal, ou seja, é uma área de conhecimento altamente objectiva pois não assenta na opinião mas sim na observação. A ciência afasta-se o máximo possível da opinião, intuição, fé ou crença que possamos ter.

Uma realidade por muitos mal entendida é que a ciência em nenhum lado afirma que espíritos não existem. O que a ciência diz é que possui explicação simples e natural para os factos que são relatados como evidências paranormais, o que é bastante diferente de dizer que espíritos não existem.

Quando nos baseamos em áreas de conhecimento que assentam meramente na opinião ou no “eu senti”, “eu vi”, “o médium viu”, etc não podemos afirmar que é um espírito porque não temos uma base sólida que demonstre ou revele a realidade da situação.

Imaginemos uma equação A + B = X , isto indica que X acontece quando A e B estão presentes.

Agora imaginemos que A = X, B = X, C = X, D = X, neste caso podemos ver que X é um efeito directo de A ou de B ou de C ou de D, ou seja, neste caso quando X acontece não podemos afirmar que a causa foi B por exemplo, pois existem várias possíveis causas. Para saber a causa teríamos que ter mais informações.

É exactamente a mesma coisa com acontecimentos espíritas. Quando uma determinada situação acontece connosco, ou seja X, não podemos dizer que a causa foi um espírito, ou seja por exemplo A, pois essa causa poderá ser explicada de outras formas. Afirmar que X se deu por causa do A é meramente opinião e logo não é credível.

Assim podemos afirmar que a existência de espíritos é meramente do reino da crença e da opinião pessoal de cada um. Explicar a sua existência tem que advir de algo mais que a constatação do fenómeno, é necessário comprovar que a causa é aquela e não outra, coisa que vários conhecimentos podem fazer como por exemplo a ciência.

Eu acredito em espíritos mas não posso dizer com toda a certeza que eles existem. Porque sei que a sua existência até o momento é baseada em algo que eu vivi, ou seja, num conjunto de acontecimentos que podem ter várias explicações, até explicações que podemos ver como exóticas como realidades alternativas. Só porque desconheço a causa do fenómeno não o poderei rotular de espiritual. Isso seria opinar e seria retroceder uns séculos onde quem tinha epilepsia era entendido como possuído pois desconhecia-se a causa.
Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado

  Tópico: Provas Científicas que Atestam a Existência de Espíritos Resposta #25Dezembro 14, 2009, 06:14:53
Visitante
» Resposta #25 em: Dezembro 14, 2009, 06:14:53

Quanto a este assunto, passo a citar as sábias palavras de Boaventura de Sousa Santos em "Um discurso sobre as ciências", que penso que dizem bastante em respeito a esta questão da necessidade ou não e do valor ou não de uma explicação científica para a aceitação de algo:


Citar
"Os pressupostos metafísicos, os sistemas de crenças, os juízos de valor não estão antes nem
depois da explicação científica da natureza ou da sociedade. São parte integrante dessa mesma
explicação. A ciência moderna não é a única explicação possível da realidade e não há sequer qualquer
razão científica para a considerar melhor que as explicações alternativas da metafísica, da
astrologia, da religião, da arte ou da poesia. A razão por que privilegiamos hoje uma forma de
conhecimento assente na previsão e no controlo dos fenómenos nada tem de científico. É um
juízo de valor."

Tal como o autor refere, não há qualquer motivo para aceitar uma explicação científica acima de qualquer outra, desde que seja uma opinião conscientemente e justamente formada (ou seja, não o 'carneiresco' "porque dizem que sim"). O único motivo porque hoje em dia há a tendência para considerar o conhecimento científico como "superior" ou "mais correcto" é o facto de eles nos últimos séculos terem adquirido o "monopólio do conhecimento", monopólio esse que há uns séculos atrás também existia, mas pertencia à igreja, e auto-declararem-se como "o único conhecimento oficialmente aceitável", tanto directa como indirectamente.

E assim, da mesma maneira que há uns séculos atrás quem propusesse um tipo de conhecimento que não se baseasse na conhecimento da igreja era ridicularizado e considerado como um "enviado do diabo", hoje em dia quem propõe um tipo de conhecimento que não se baseie no conhecimento científico é ridicularizado e considerado como um ignorante.

Os avanços tecnológicos da ciência fizeram um trabalho muito bom em acabar com o "monopólio do conhecimento" que havia por parte da igreja, porém em seguida fizeram um trabalho muito mau ao reclamar esse monopólio para eles em vez de o destruirem.

Conforme a Leqke disse e muito bem, as "feridas" desses tempos antigos em que a igreja desacreditava e ridicularizava a ciência ainda não "cicatrizaram" e ambos ainda se atacam mutuamente com medo de que o outro lado os esteja a tentar "destronar". E enquanto tivermos essa perspectiva hostil, cega, defensiva e competitiva em vez de uma perspectiva cooperativa em relação ao conhecimento, onde haja a compreensão de que todas as perspectivas de conhecimento são igualmente válidas e passiveis de serem aceites e tomadas em consideração, e que não existe um "paradigma superior", mais correcto ou detentor da verdade, e que todo o conhecimento é um contributo para o nosso desenvolvimento e evolução, eu diria que essa mesma evolução vai ser bastante atrasada e perturbada por essa cega e "gananciosa" (por aqueles que se dizem detentores do "conhecimento mais correcto") atitude.

Não desvalorizo de qualquer forma o conhecimento científico, nem muito menos os avanços que este nos trouxe até hoje, simplesmente acho que a atitude de tomar esse mesmo conhecimento como o único "conhecimento correcto" ou oficialmente relevante, ou a única "porta para a verdade", não é menos errada e impeditiva da nossa evolução do que quando a igreja o fazia há uns séculos atrás com o conhecimento religioso. Evoluir não é pegar nos erros do passado e cometê-los de uma maneira diferente, mas sim eliminá-los.
« Última modificação: Dezembro 14, 2009, 06:40:59 por Lifebringer »


Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado

  Tópico: Provas Científicas que Atestam a Existência de Espíritos Resposta #26Dezembro 16, 2009, 22:20:47
Visitante
» Resposta #26 em: Dezembro 16, 2009, 22:20:47

Eu não concordo com a tua opinião.

Isto porque a ciência não é subjectiva como afirmaste. A ciência assenta naquilo que podemos constatar quer através da observação quer através de raciocínio de ideias factuais utilizando métodos científicos para tal, ou seja, é uma área de conhecimento altamente objectiva pois não assenta na opinião mas sim na observação. A ciência afasta-se o máximo possível da opinião, intuição, fé ou crença que possamos ter.

Uma realidade por muitos mal entendida é que a ciência em nenhum lado afirma que espíritos não existem. O que a ciência diz é que possui explicação simples e natural para os factos que são relatados como evidências paranormais, o que é bastante diferente de dizer que espíritos não existem.

Quando nos baseamos em áreas de conhecimento que assentam meramente na opinião ou no “eu senti”, “eu vi”, “o médium viu”, etc não podemos afirmar que é um espírito porque não temos uma base sólida que demonstre ou revele a realidade da situação.

Imaginemos uma equação A + B = X , isto indica que X acontece quando A e B estão presentes.

Agora imaginemos que A = X, B = X, C = X, D = X, neste caso podemos ver que X é um efeito directo de A ou de B ou de C ou de D, ou seja, neste caso quando X acontece não podemos afirmar que a causa foi B por exemplo, pois existem várias possíveis causas. Para saber a causa teríamos que ter mais informações.

É exactamente a mesma coisa com acontecimentos espíritas. Quando uma determinada situação acontece connosco, ou seja X, não podemos dizer que a causa foi um espírito, ou seja por exemplo A, pois essa causa poderá ser explicada de outras formas. Afirmar que X se deu por causa do A é meramente opinião e logo não é credível.

Assim podemos afirmar que a existência de espíritos é meramente do reino da crença e da opinião pessoal de cada um. Explicar a sua existência tem que advir de algo mais que a constatação do fenómeno, é necessário comprovar que a causa é aquela e não outra, coisa que vários conhecimentos podem fazer como por exemplo a ciência.

Eu acredito em espíritos mas não posso dizer com toda a certeza que eles existem. Porque sei que a sua existência até o momento é baseada em algo que eu vivi, ou seja, num conjunto de acontecimentos que podem ter várias explicações, até explicações que podemos ver como exóticas como realidades alternativas. Só porque desconheço a causa do fenómeno não o poderei rotular de espiritual. Isso seria opinar e seria retroceder uns séculos onde quem tinha epilepsia era entendido como possuído pois desconhecia-se a causa.


Bom el relação à questão da ciencia não ser totalmente objectiva aconselho-te a obra "Técnica e Ciência como “Ideologia”". Essa não é uma opinião minha Grin é uma opinião de qualquer cientista ou pessoa da ciencia que seja sensata. Eu no meu curso, baseado em todo um sistema cientifico rigoroso, tive uma cadeira que visava apenas a comprovar esta temática. É verdade que te baseias em factos, em observações. Mas quantas coisas foram observadas e ditas "comprovadas" e mais tarde foram desmentidas? ou mais tarde apareceram criticos que formaram novas teorias em que viam outra coisa na mesma observação? É subjectivo e qualquer cientista ou investigador consegue admiti-lo. Apesar de te baseares por "factos" existe uma procura pelos mesmos que facilita o seu encontro no entanto ao lado desses factos podem estar outros que o anulam. Eu não sei se me estou a fazer entender mas naquele texto de Habermass está uma boa explicação do que quero dizer (embora esteja numa linguagem um pouco complexa).

Em relação ao dizer "Espiritos não existem" lá está depende de com quem fores falar =) Já vi grandes investigadores a dizer que são balelas, criações da imaginação humana e que não há nada a investigar. E já vi (raros) pessoas que dizem que "não podemos afirmar que é um espírito porque não temos uma base sólida que demonstre ou revele a realidade da situação" tal como tu referiste. Tudo depende de com quem vais falar... mais uma vez uma questão subjectiva no meio daquilo que o ser humano gosta de dizer que é objectivo e geral (a visão que temos do mundo e das coisas).

Agora dizeres que é espiritual ou cientifico... sinceramente para mim isso não interessa nada... é aquilo em que acreditas sendo uma ou outra pode estar certa ou errada... quantas teorias cientificas e rigorosas já nao foram desmentidas e totalmente renovadas... o conhecimento está em evolução e nós so vemos o que queremos quando queremos dependendo de imensos factores =)

Boas palavras Lifebringer. Atenção que não desvalorizo de forma alguma o conhecimento cientifico também. Também ele é muito necessário para determinadas investigações sendo que desse modo não o desvalorizo em nada até porque a partir dele dá para avançarmos e chegarmos a novas teorias e avanços no entanto larguemos a ideia de que a objectividade e total veracidade existe no conhecimento cientifico pois isso será uma ilusão.

 Kiss
« Última modificação: Dezembro 16, 2009, 22:25:59 por Leqke »


Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado

  Tópico: Provas Científicas que Atestam a Existência de Espíritos Resposta #27Dezembro 17, 2009, 01:07:37
Júnior
*


Mensagens: 76
Apreciações: 7
Referidos: 0

Masculino
» Resposta #27 em: Dezembro 17, 2009, 01:07:37


Bom el relação à questão da ciencia não ser totalmente objectiva aconselho-te a obra "Técnica e Ciência como “Ideologia”". Essa não é uma opinião minha Grin é uma opinião de qualquer cientista ou pessoa da ciencia que seja sensata. Eu no meu curso, baseado em todo um sistema cientifico rigoroso, tive uma cadeira que visava apenas a comprovar esta temática.

Olá  Grin

Bem acho que temos que concordar em discordar  Smiley

Na minha visão e na definição da ciência esta é considerada como objectiva pois não se baseia em crenças ou visões pessoais muito pelo contrário. Acho que afirmar que a ciência é subjectiva vai completamente contra o que esta área de conhecimento é na realidade. Pois a ciência baseia-se em metodologias rigorosas e na observação de fenómenos observáveis e reproduzíveis em qualquer parte do mundo, isto não é de forma nenhuma ser subjectivo. O conhecimento vem do exterior não vem do cientista. Ele é apenas o observador. Assim sendo e uma vez que as suas afirmações são baseadas no que constata isto faz do conhecimento objectivo e não subjectivo.


É verdade que te baseias em factos, em observações. Mas quantas coisas foram observadas e ditas "comprovadas" e mais tarde foram desmentidas? ou mais tarde apareceram criticos que formaram novas teorias em que viam outra coisa na mesma observação? É subjectivo e qualquer cientista ou investigador consegue admiti-lo. Apesar de te baseares por "factos" existe uma procura pelos mesmos que facilita o seu encontro no entanto ao lado desses factos podem estar outros que o anulam. Eu não sei se me estou a fazer entender mas naquele texto de Habermass está uma boa explicação do que quero dizer (embora esteja numa linguagem um pouco complexa).

Os casos que referiste de “hoje ser verdade e amanhã já não é” não apontam de forma nenhuma para a subjectividade da ciência. Uma coisa nada tem a ver com a outra.

Para melhor entender o que quero dizer tenho que abordar 2 coisas.

PRIMEIRO

A ciência produz prova e teoria.

Prova - Existe tecnologia que permita observar e reproduzir a experiencia dentro das suas metodologias, por exemplo quando se descobre a cura para a SIDA, sabe-se que determinado medicamento irá eliminar o vírus da SIDA curando assim a pessoa, pois tal se verificou através de estudos científicos em laboratório e quando uma pessoa toma esse medicamento fica curada, é uma observação da realidade.
Teoria - Matérias que são difíceis de estudar, ou porque não são observáveis ou porque são dificilmente observáveis ou reproduzíveis, hoje em dia estas prendem-se maioritariamente com o universo, ou com o interior da terra, ou mesmo no cérebro humano. No entanto esta dificuldade não impede que a ciência não se debruce sobre elas. Contudo aqui o cientista não afirma que o que verifica é facto, mas afirma que há essa probabilidade. Por exemplo a teoria do BIG BANG as observações apontam para isso mas não podem provar.

Logo hoje em dia quando os cientistas contradizem os cientistas anteriores, eles não contrariam a prova provada, mas sim a teoria, que nada mais era que uma probabilidade aceite.

SEGUNDO
Hoje em dia é raríssimo ir-se contra o que se considera como verdade. Isto porque a nossa ciência encontra-se num estado de evolução que a distingue do passado. Poderia mesmo afirmar que 99,9% dos casos em que as considerações científicas dadas como verdadeiras foram destronadas aconteceram nos séculos passados.

Isto aconteceu por diversas razões, sendo que a grande razão se prendia com uma influência muito grande que a religião possuía na sociedade. Quando se afirmava que a terra era plana, ou que a terra era o centro do universo, ou que o homem não descendia do macaco, ou que as pessoas com epilepsia estavam possuídas, quem o afirmava era a religião não a ciência como hoje a consideramos. Esta forma de apego à religião não é assim tão longínqua olha o caso de Charles Darwin que esperou anos para publicar a sua teoria por medo de represálias e no leito da sua morte afirmou contra o seu próprio trabalho por amor a Deus.

A ciência moderna é totalmente distinta da ciência antiga, diferentes conceitos completamente, e a ciência moderna só se começou a formar há pouco mais de 100 anos.

Em relação ao dizer "Espiritos não existem" lá está depende de com quem fores falar =) Já vi grandes investigadores a dizer que são balelas, criações da imaginação humana e que não há nada a investigar. E já vi (raros) pessoas que dizem que "não podemos afirmar que é um espírito porque não temos uma base sólida que demonstre ou revele a realidade da situação" tal como tu referiste. Tudo depende de com quem vais falar... mais uma vez uma questão subjectiva no meio daquilo que o ser humano gosta de dizer que é objectivo e geral (a visão que temos do mundo e das coisas).
Agora dizeres que é espiritual ou cientifico... sinceramente para mim isso não interessa nada... é aquilo em que acreditas sendo uma ou outra pode estar certa ou errada... quantas teorias cientificas e rigorosas já nao foram desmentidas e totalmente renovadas... o conhecimento está em evolução e nós so vemos o que queremos quando queremos dependendo de imensos factores =)

Aqui estás a constatar a mesma coisa que eu tinha afirmado no meu comentário anterior. A existência de espíritos nada mais é que crença pessoal. É algo subjectivo que diz respeito a cada um e isso não faz deles realidade. Assim como se trata apenas de uma crença, uma opinião sem valor universal, não deveremos ser mente fechada e romantizar a ideia do que é fé é verdade.

Eu acredito em espiritos mas uma vez que a sua existencia não está provada e eu não sou nenhum poço de verdades absolutas, tenho a mente aberta e não posso afirmar que eles existem.

jks Grin
Seja a primeira pessoa a gostar disto, fazendo login ou registando-se.
Registado

  Tópico: Provas Científicas que Atestam a Existência de Espíritos Resposta #28Dezembro 17, 2009, 01:33:27
Avançado
**


Mensagens: 211
Apreciações: 70
Referidos: 1

Na Luz nos movemos...
http://www.facebook.com/c
Masculino WWW
» Resposta #28 em: Dezembro 17, 2009, 01:33:27


não resisto...
 laugh laugh :laugh:Amei ler esta troca de ideias...de tal forma que o escrevo.... Smiley

(Quem diz que a humanidade não sabe para onde vai? Wink)

...mas deixo uma questão em aberto...
estão aqui a trocar argumentos acerca da existência ou não de Espíritos, e da hipótese ou não de o mesmo ser comprovado e de que forma isso poderá ou não acontecer...
Bem, e nós o que somos? carne, matéria somente?  Huh? Huh?
ao partimos desta premissa, que somos algo mais que matéria...teremos sempre de estar abertos a todas as hipóteses possíveis... a não crença na realidade transcendental é um retrocesso para a mente que assim se encerra ao progresso e crescimento espiritual.

Ora vamos inverter os papeis, já que estamos em suposições... suponhamos que somos nós espírito e que "visualizamos" ou cremos que existem outros seres neste caso, materiais, mortais (nós:) ) o que diriam "eles" acerca disto?... Grin Grin Grin

"Num mundo material, vós pensais num corpo como tendo um espírito; mas nós consideramos o espírito como tendo um corpo. Os olhos materiais são verdadeiramente as janelas da alma que nasce do espírito. O espírito é o arquitecto, a mente é o constructor, o corpo é a edificação material. O critério individual de medir o tempo é a duração de cada vida. Todas as criaturas são condicionadas, assim, pelo tempo e, portanto, elas consideram a evolução como sendo um processo excessivamente longo. Para aqueles de nós cujo ciclo de vida não é limitado por uma existência temporal, a evolução não parece ser uma transação tão prolongada. No Universo evolucionário cósmico, a mente é sempre dominante sobre a matéria, e o espírito está sempre correlacionado à mente.  Todavia, o fenômeno da presença de uma personalidade, ou do modelo de uma identidade, como tal, não é uma manifestação de energia, seja física, mental ou espiritual. A forma da personalidade é o aspecto modelar de um ser vivo; denota uma ordenação das energias, e isso, acrescentado à vida e ao movimento, é o mecanismo da existência da criatura.
Mesmo os seres espirituais têm forma, e essas formas espirituais (os modelos) são reais.  A realidade é finita no nível
humano: e é infinita e eterna nos níveis mais elevados e divinos. O homem mortal tem um núcleo espiritual. A mente é um sistema de energia pessoal, que existe em torno de um núcleo espiritual divino e que funciona num ambiente material. Essa relação viva entre a mente pessoal e o espírito constitui, pois, o potencial da personalidade eterna no universo."

Talvez dissessem algo deste género não acham?

Bem hajam na luz e com a Luz
 angel angel angel





Faça o login ou registe-se para Gostar.
Registado

Que a LUZ que nos une prevaleça sobre as trevas que nos afastam.
Bem Hajam

  Tópico: Provas Científicas que Atestam a Existência de Espíritos Resposta #29Dezembro 17, 2009, 13:42:15
Visitante
» Resposta #29 em: Dezembro 17, 2009, 13:42:15

não resisto...
 laugh laugh :laugh:Amei ler esta troca de ideias...de tal forma que o escrevo.... Smiley

(Quem diz que a humanidade não sabe para onde vai? Wink)

...mas deixo uma questão em aberto...
estão aqui a trocar argumentos acerca da existência ou não de Espíritos, e da hipótese ou não de o mesmo ser comprovado e de que forma isso poderá ou não acontecer...
Bem, e nós o que somos? carne, matéria somente?  Huh? Huh?
ao partimos desta premissa, que somos algo mais que matéria...teremos sempre de estar abertos a todas as hipóteses possíveis... a não crença na realidade transcendental é um retrocesso para a mente que assim se encerra ao progresso e crescimento espiritual.

Ora vamos inverter os papeis, já que estamos em suposições... suponhamos que somos nós espírito e que "visualizamos" ou cremos que existem outros seres neste caso, materiais, mortais (nós:) ) o que diriam "eles" acerca disto?... Grin Grin Grin

"Num mundo material, vós pensais num corpo como tendo um espírito; mas nós consideramos o espírito como tendo um corpo. Os olhos materiais são verdadeiramente as janelas da alma que nasce do espírito. O espírito é o arquitecto, a mente é o constructor, o corpo é a edificação material. O critério individual de medir o tempo é a duração de cada vida. Todas as criaturas são condicionadas, assim, pelo tempo e, portanto, elas consideram a evolução como sendo um processo excessivamente longo. Para aqueles de nós cujo ciclo de vida não é limitado por uma existência temporal, a evolução não parece ser uma transação tão prolongada. No Universo evolucionário cósmico, a mente é sempre dominante sobre a matéria, e o espírito está sempre correlacionado à mente.  Todavia, o fenômeno da presença de uma personalidade, ou do modelo de uma identidade, como tal, não é uma manifestação de energia, seja física, mental ou espiritual. A forma da personalidade é o aspecto modelar de um ser vivo; denota uma ordenação das energias, e isso, acrescentado à vida e ao movimento, é o mecanismo da existência da criatura.
Mesmo os seres espirituais têm forma, e essas formas espirituais (os modelos) são reais.  A realidade é finita no nível
humano: e é infinita e eterna nos níveis mais elevados e divinos. O homem mortal tem um núcleo espiritual. A mente é um sistema de energia pessoal, que existe em torno de um núcleo espiritual divino e que funciona num ambiente material. Essa relação viva entre a mente pessoal e o espírito constitui, pois, o potencial da personalidade eterna no universo."

Talvez dissessem algo deste género não acham?

Bem hajam na luz e com a Luz
 angel angel angel







Ahah só tenho a dizer perfeito pois essa é a questão que coloco a cada dia que passa tambem pela influencia do meu curso de Psicologia onde tentam materializar todo o conhecimento acerca da mente humana, concentrando-se apenas em investigar o obvio relativamente a atitudes e outras coisas, tornando-se um estudo a tentar decifrar e generalizar atitudes, comportamentos, etc o que a meu ver por vezes se torna ridiculo... Esquecemo-nos muitas vezes que a parte mais importante da nossa essencia é espirito, é alma, é intocável, não é materializavel nem podemos estudar em laboratório. Confesso que quando fui para o meu curso me desiludi um pouco com este ponto, no entanto torna-se util para varias coisas principalmente para dar dados às estatisticas Grin no entanto não nos esqueçamos que apesar de termos semelhanças somos todos diferentes. Há sempre milhares de excepçoes e temos de ter consciencia disto.
Não nos esqueçamos daquilo que somos.

Tudo contribui para a nossa evolução desde que não se vá a extremismos. Tanto a ciencia como as demais coisas nos ajudam a desenvolver... temos é de saber investigar, filtrar e reflectir...

 Kiss
« Última modificação: Dezembro 17, 2009, 13:44:06 por Leqke »


Seja a primeira pessoa a gostar disto, fazendo login ou registando-se.
Registado
  Páginas:   Ir para o topo
Novo Tópico Nova Votação
Ir para:  


Tópicos Relacionados
Assunto Iniciado por Respostas Visualizações Última mensagem
Provas de Reencarnação « 1 2 ... 10 11 »
Terapia de vidas passadas (TVP) e Reencarnação
humildadever 160 28576 Última mensagem Outubro 31, 2017, 22:44:48
por _Indigo_
Experiências Cientificas sobre Paranormal « 1 2 »
Investigação Paranormal
paulodecarvalho 24 13428 Última mensagem Outubro 06, 2011, 14:57:07
por andredcavalcante
Explicações Científicas para a EFC
Experiência Fora-do-Corpo (EFC)
Lunática 4 2919 Última mensagem Julho 08, 2011, 01:11:09
por seyon
10 pesquisas científicas muito malucas
Discussão Off-Topic & Chat Geral
lucas147 9 2666 Última mensagem Abril 28, 2010, 18:28:36
por gerinho
Premonição - experiencias científicas
Visões e Premonições
amcsilva 2 1134 Última mensagem Junho 26, 2015, 12:28:28
por silknet
Mundos paralelos (2 teorias científicas)
Assuntos Místicos Generalistas
Arcadiy_Kulchinskiy 5 718 Última mensagem Dezembro 17, 2013, 06:35:37
por Xevious
grupo de insvestigadores cria um programa para reunir provas da existencia de espiritos
Investigação Paranormal
misticboy 2 656 Última mensagem Dezembro 11, 2013, 23:46:02
por misticboy
E se tivesse provas concretas e definitivas da existencia DO "criador"... « 1 2 3 4 »
Assuntos Místicos Generalistas
incertus 59 1698 Última mensagem Junho 16, 2015, 01:18:39
por _Indigo_